sexta-feira, março 31, 2006

Viajem à Amadora


Ainda existem lugares para os mais retardatários para irem à Amadora...
Vamos lá malta a reservarem lugar na Nave dos Loucos, são 15 Euros viagem + Bilhete, saida às 11H00 no Domingo na sede da Mancha, apareçam... Vamos lá para trazer 3 pontos malta, afinem-me essas gargantas, vai ser sempre a curtir

Somos mancha Negra
Vamos contigo para todo o lado...

quinta-feira, março 30, 2006

AAC- FCP

Finalmente um jogo transmitido a horas decentes, domingo 18H30. Este deveria ser a hora limite para o inicio do último jogo da jornada, aos domingos às 18H30 ou 19H00.

Mais uma vez a Mancha preparou uma coreografia para mais um jogo, concistia num panal onde estava pintados um brazão da Mancha o o emblema da Mágica Briosa, sendo que na parte de baixo estava uma bola antiga e umas chuteiras de estafas, a simbolozar os valores antigos e maneiras de estar antigas. A acompanhar a coreografia estava uma frase "Coimbra é uma lição e a MN apoia com tradição"

O Sector da Mancha já esteve mais composto em jogos sem ser com candidatos ao título, mas sobretudo o que na minha opinião faltou durante a primeira parte foi um pouco mais de atitude, a malta estava a cantar com pouca garra e sobretudo havia muita malta a coocar a conversa em dia. Na segunda parte houve mais empenho e os canticos sairam com mais potência.
Mais uma boa jornada ultra onde as curvas presentes estiveram sobretudo para apoiarem os emblemas do seu coração, quer com coreografias, bandeiras e sobretudo muitos e bons canticos, mas como não houve confusões os média nada realçaram...

Na curva visitante uma deslocação com cerca de 600 ultras, 500 SD e 100 CU95, muitas bandeiras e estandartes deram um bom colorido ao sector visitante. De salientar que após o golo estiveram com mais força no apoio. enquanto tiveram retidos no estádio os ultras portistas não se calaram no festejo de mais uma vitória, rumo ao título segundo eles...

Na próxima jornado todos à Amadora... este é um jogo importantíssimo, pelo que ninguém deve faltar

quarta-feira, março 29, 2006

Académica- FC Porto


Mais um jogo com uma equipa candidata ao título e infelizmente mais uma derrota...
A semana começou bem cedo para alguns dos ultras da Mancha Negra... com noites mal dormidas, algumas faltas a aulas e algumas horas perdidas de trabalho culminaram na realização de mais um panal e mais uma coreografia simples mas de belo efeito, a lembrar os velhos tempos com o desenhio de uma Bola antiga mas sobretudo a demonstrarque em Coimbra ainda se dão valor aos tempos antigos e as tradições ainda se presam, ou seja ao contrário do que se passa nas curvas nacionais na Mancha coreografias ainda são para fazer... A malta da Velha Guarda participou também activamente na realização da Coreografia, mas mais uma vez se nota que para a malta que entrou recentemente para a claque este fenómeno das coreografias ainda não lhes está no sangue a vontade de aprenderem e participarem na realização das mesmas...

Faz-me lembrar uma vez o que o Minhoca me disse a quando da realização de um outro panal, o do Simbolo da Mancha. Íamos iniciar as pinturas depois de já termos estado uma horas velentes a desenhar o mesmo e ele vira-se para mim e disse: "Ó JP porque é que não contratamos uns Ucranianos e metemos os gajos a pintar o Panal e ficamos a beber uns canecos a ver os gajos a trabalhar?". Ao qual eu lhe respondi " sabes é que se pagar a alguém para me fazer isto não vou sentir o prazer de fazer esta cena e sobretudo o prazer que vou ter de estar aqui com a malta a curtir e conviver... pega mas é num pincel e anda mas é dar uma ajuda"

Umas horas após termos inciado a realização do Panal o Minhoca vem ter comigo e diz-me novamente: "Agora percebo o significado das tuas palavras, realmente se viessem os ucras, não teríamos passado estes bons momentos que já passamos e certamente ainda iremos passar mais até terminarmos..."
Realmente acho que a malta ainda não se apercebeu o verdadeiro significado de se fazerem as coreografias, o espírito que está em cada uma delas e sobretudo o prazer ou a azia que dá despois ao vermos as fotos e vermos que saiu tudo bem ou pelo contrário ficou uma bela m...!

Às vezes na derrota, a alegria de uma coreografia bem sucedida, suplanta a amargura de termos perdido e vamos um pouco mais satisfeitos, sabermos que ganhámos na bancada, tifamos melhor, cantamos mais estivemos bem no apoio, levanta-nos o moral...
Por isso é que sempre me irão ver malhar nas pessoas que entram tarde a más horas para o sector, que não fazem puto pelas coreografias, que não pegam nos estandartes espalhados pelo sector, que não agitam bandeiras, etc...
Mas cabe também a quem gosta e sobretudo que tem responsabilidades saber rodear-se das pessoas certas e levar a que cada vez mais os envolvidos na realização das coreografias tenham prazer de as fazerem e arrastem cada vez mais gente a trabalhar e dedicar-se a fazê-las...

sábado, março 25, 2006

Uns roubam... MN sempre a curtir

Este video demonstra mais uma vez a malta a curtir à grande na Estação de Serviço de Antuã... Neco, o verdadeiro artista...

Académica- FC Porto


É já no próximo Domingo pelas 18H30 que a Briosa defronta o FCP. Pede-se a todos os Ultras da Mancha que compareçam com Garra e Espírito para cantar e puxar pela Mágica Briosa 90 minutos sem parar.
Como sempre está a ser preparada uma Coreografia para motivar os "pretos" para a Vitória, por isso vejam lá se pelo menos 20 minutos antes do inicio do jogo já estão no sector... Relembro que houve malta que teve muitas horinhas de dedicação, para que as coisas às 18H20 corram todas bem e a Mancha faça mais uma grande coreografia...
Concentração no Tasco do Leitão no GiraSolum pelas 17H00...

quarta-feira, março 22, 2006

Ainda Guimarães


Podem ver aqui alguns dos momentos vividos em Guimarães pelos ultras da Briosa, sempre com grande atitude, a cantar e a vibrar pela Grande Briosa.

Sempre contigo nós andaremos
E só por ti nós cantaremos
Somos da Mancha e vamos dizer
Se jogasses no céu morria para te ver...

JP74

Videos By Vasco Ramos

segunda-feira, março 20, 2006

Guimarães vs ACADÈMICA


Mais uma grande deslocação da Mancha Negra... Esta não é grande pela sua magnitude e pela quantidade de gente envolvida. Foi grande porque como muitas vezes digo a quantidade não é sinónimo de qualidade, mas nesta viagem, até pela envolvênvia da mesma, a malta que lá foi, dirão muitos "os Duros",teve grande atitude e grande mentalidade ultra no apoio à Grande Briosa.
Um estádio totalmente adverso, estavam perto de 18 mil Vitorianos, aquela malta dá mesmo pica, porque dão "luta", quando cantamos pela Briosa o estádio assobia, o que faz com que a nossa presença seja notada dando-nos ainda mais força para continuar a vibrar pela nossa Briosa. E assim foi uma primeira parte espectacular quer da equipa quer dos ultras presentes no estádio...

A Mancha fez-se deslocar a Guimarães em dois autocaros apinhados de Gente, como sempre a viagem foi sempre a curtir, a Malta da Velha Guarda ficou no Autopluman de dois andares ficando o espaço de baixo repleto de Poceiros e cheios de Gelo...
Chegámos ao estádio sem incidentes de maior relevância, para os ultras da Briosa.
Mais uma vez a MN demosntrou que sabe estar, e no minuto de silêncio dos rapazes do Inter da Boavista, que simultaneamente pertenciam aos Red Boys, alguns atrasados da curva sul começaram com boucas às quais intantaneamente a malta começou logo a bater palmas estendendo-se ao estádio todo. Aproveitamos para deixar os nossos votos de pesar à famila dos jovens e á malta dos Red Boys...
A saida do estádio após uma longa hora de espera decorreu bem embora sempre escoltados e com o mirones a verem-nos caminhar em direcção aos autocarros. Embora a intifada tenha sido fraca ainda voaram alguns objectos, atitudes de quem quando não tem apoios externos (Clube, autarquia, empresas), viajam pouco e sobretudo não transportam a sua faixa. A mancha como sempre e orgulhosamente mostrou a sua...
De lamentar´somente o facto de ter sido barrada a entrada de bandeiras e estandartes, penso não só à Mancha mas também aos grupos da casa, o espectáculo ficou certamente mais pobre.

Dos grupos da casa sinceramente deixaram-me algo a desejar, com tanta gente (o topo WA estava repleto), não conseguem dar um apoio condigno e continuo ao seu Vitória... pois é quando se ganha as coisas são sempre mais fáceis...
Um último desejo, embora a Massa adepta do Vitória seja realmente grande e tenha uma enorme demonstração de amor ao seu clube e seja necessária a esta cada vez mais deserta Super Liga, espero que este ano seja feita justiça ao caso N'dinga, já que os tribunais não a quiseram fazer...

quinta-feira, março 16, 2006

Mais um vez a Taça da frustação...


Mais uma vez muita esperança de finalmente vermos a Briosa numa final da Taça de Portugal. Infelizmente ainda não foi desta que a Briosa consegue alcansar novamente uma Final da Taça de Portugal.
Mais um jogo a uma Quarta Feira à noite, vale que desta vez os preços dos Bilhetes eram acessíveis, o que levou a que o Estádio Cidade de Coimbra tivesse uma Boa moldura humana, perto das 16 mil pessoas. Para Desgosto nosso, mais uma vez a massa Adepta da Académica voltou a demonstrar pouca Fé e sobretudo pouco Bairrismo. Já me começa a fatigar os palhaços de dupla cor. Felizmente já muitos começam a aprender que no sector Mancha Negra, só admitimos uma cor, o preto. Palhaços com 2 caschecois mão entram..
Apoiem a vossa equipa Local e dexem-se de apoiar os candidatos ao título, tenham orgulho no clube da vossa cidade... Amo a Briosa deverá ser um cantico cada vez mais entoado e sobretudo sentido...

O sector da Mancha estava bem composto, embora a malta tenha chegado já em cima da hora, desta vez até esteve melhor que em jogos anteriores, mas é preciso haver um esforço da parte de todos para tentarem estar dentro do sector 10/15 minutos antes do jogo começar... Gostamos e queremos fazer espectáculos para motivar quem representa a Briosa.

Com menos gente no sector do que habitualmente, mas com garra e sobretudo com atitude. Cantou-se bem tentou-se ajudar a equipa a tinjir o que sertia o nosso sonho, estar na final no Jamor... No inicio do jogo uma frase demionstrava bem qual era o nosso desejo "Mostra-nos como foi em 1939", pois foi o ano em que ganhámos a primeira e única Taça do nosso historial e nas meias finais eleminámos precisamente o SCP.
Não aconteceu dessa forma, há que continuar a lutar e segue-se já Guimarães (com Viagem e bilhete a 15 euros), onde conquistar o castelo é preciso para a fuga à despromoção...
De Lisboa os 3 habituais Grupos ultras da curva Sporting.

Juve Leo visivelmente a subir em relação ao incio da época, um grupo que festeja esta época 30 anos, está mais perto do que de melhor já os vimos fazer. A ajuda dos núcleos da região centro deu-lhes número e poder, conseguiu algumas vezes meter a bancada sul toda a cantar...

Torcida esteve presente, tentando apoiar o grupo lider nos cânticos. Divertidos à imagem do que já acontecera no jogo do Campeonato, uma desilusão, sem atitude e sobretudo sem pessoas, provavelmente faltam-lhe os núcleos que a Juve tem no centro para parecerem muitos...

Mais uma boa jornada Ultra em Coimbra, sobretudo em termos de apoio Vocal, faltaram tifos organizados, mas os estandartes e bandeiras deram um bom colorido aos sectores ultras...
Mais uma vez ficou provado que com preços acessíveis o povo vai à bola, mas sobretudo quando não há TV...

quarta-feira, março 15, 2006

Fotos com história...


Numa altura em que cada vez mais toda a comunicação social malha nas claques, e tendo como base de partida o jogo de logo à noite AAC-SCP, para a Taça de Portugal, decidi colocar esta foto retirada de um jornal da época, que foi tirada num torneio de futsal inter-claques realizado por ocasição do 2ª congresso Nacional de Claques, organizado pelo Mancha Negra. Afinal ontem como hoje, nós os ultras sabemos conviver e sabemos estar ao lado dos que tal como nós fazem km's atrás da equipa do seu coração, sentem as mesmas repressões que nós sentimos, enfim que são ultras como nós. às vezes as coisas também azedam, mas quem na vida pessoal não tem problemas com os outros que atire a 1º pedra... há que saber estar e sobretudo resolver a bem as coisas...

Mentalidade Ultra

segunda-feira, março 13, 2006

AAC vs Penafiel



Um jogo bastante importante, para as aspirações da nossa equipa, contudo e apesar de ter havido algumas facilidades concedidas, em relação as entradas do publico geral, apenas 6500 adeptos disseram presente.. algo que a meu ver espelha a relação que a cidade neste momento tem com o clube.. obviamente algo vai mal e urge mudar. Em relação a MN mais uma vez 40% 50% dos ultras presentes chegam já o encontro decorre o que obviamente frusta muitas vezes as coreografias preparadas, sinceramente não percebo qual é a piada de chegar constantemente atrasado aos jogos... mas cada um sabe de si..mas que começa a chatear começa!! A direcção do grupo escolheu este desafio para estrear 4 bandeiras novas uma com o simbolo do grupo, outro com do clube, uma da velha guarda e outra da MN Sta. Comba Dão, com esta medida obviamente que a curva fica com mais cor e animação, o apoio não foi nada por aí além, constante mas sem grandes picos.. contudo uma prestação aceitavél do grupo a condizer com o jogo que se assistia, nem muito mau nem muito bom... enfim mais uma batalha ganha, na dura batalha que vai ser a manutenção.. esperemos que o nosso barco chege a bom porto com a ajuda de todos.. Força Rapazes

SEM MEDO DE APOIAR..


Sem medo de apoiar foi este o nome que a MN Tours escolheu para a deslocação à cidade Berço.A viagem a Guimarães + bilhete para o jogo por apenas 15euros. Deste modo a MN Tours espera contar com a presença em grande numero da nossa massa Âssociativa e de todos os seus simpatizantes neste encontro de caracter extremamente importante para a nossa Briosa.
As inscrições e informações podem ser efectuadas na sede da claque, no Pavilhão Jorge Anjinho, até 5º feira até Às 24H00 ou atraves dos telefones 919485361 Miguel (vhs) e 936497246 Carlos (Viagra).
A viagem esta programada para Domingo dia 19 pelas 11:15horas, partida da Sede da Mancha Negra

ACADÉMICA- SPORTING Taça de Portugal

Para um dia de Festa da Taça... festa a meio da semana, continuo a não perceber porque é que sempre que falo da Taça de Portugal incisto em escrever na "festa da Taça", Informa-se todos os socios da Mancha Negra que podem comprar/levantar o bilhete para o jogo da Taça de Portugal a realizar no dia 15, às 20H00 ( o jogo é as 20H30, mas digo às 20H00 para ver se o pessoal entra a horas decentes para o sector, Vai haver coreografia)contra o Sporting, pelo valor de 5 Euros na sede da claque,ou numa loja nas Galeria Pérola (supporters Shop) junto à Makro ou do Rei dos Frangos...

Nota: bilhetes são limitados a sócios com a apresentação do cartão da claque. Mais se informa que a quantidade existente de Bilhetes é inferior ao múmero de sócios, pelo que assim que estes bilhetes esgotarem os restantes associados terão de adquirir o respectivo ingresso na Bilheteira do Estádio ao Valor de 7 Euros.

PARA O JOGO COM O SPORTING UM SÓ PEDIDO:

Alimentem o meu sonho, Jamor somente a 180 minutos...

JP74

quarta-feira, março 08, 2006

Sábado contra o Penafiel é Dia do Sócio


No próximo jogo contra o Penafiel a Direcção da AAC e a TBZdada a necessidade de a Briosa ter um grande Apoio, decidiu à imagem do que já acontecera na época transacta que sábado sería o dia do Sócio. Ou seja cada sócio pode passar pelo átrio do Estádio até às 13H de Sábado e levantar um bilhete para poder levar um amigo à bola...
Sendo assim malta tá toda a gente a levantar bilhetes para encher o sector para que a Briosa consiga mais 3 pontinhos... e aproveitem e impinjam-lhe um "Académica Pass", 40 euros e ficam com bilhete de época até ao final da mesma e com 3 quotizações de oferta e deste modo fazemos mais um sócio, e é da maneira que esse amigo não vos crava mais nenhum bilhete...

Traz um amigo também...

A mítica Palha-de aço

Jogos à noite... e agora omo é que vamos fazer fumo, logo umas mentes brilhantes (sim agora já licenciados)deram solução à problemática... Palha-de-aço a arder... fabuloso para quem assistia, mas de longe...

"A Palha-de-aço
A tentativa de apresentarmos espectáculos que sobressaíssem pela sua originalidade e beleza obrigava-nos a utilizar matérias primas baratas, já que não tínhamos grande capacidade financeira. Foi num jogo televisionado à noite com o Varzim que a “MN” apresentou o primeiro espectáculo com fogo de artifício. Claro está que de fogo de artifício não havia nada, mas que o efeito final assim o deu a entender essa é que foi a verdade. Não eram mais do que rolos de palha-de-aço, utilizados nas lides domésticas, aos quais se chegava uma chama. Faziam-se círculos até se queimar toda a palha. Foi simplesmente fantástico. Ao ponto de a RTP focar este nosso espectáculo e veicular o seu protagonismo.

Pena foi que no dia seguinte, quando chego à escola, uma colega me aborda e me pergunta o que terei andado a fazer para ter o meu “Kispo” naqueles preparos. Estava todo furado nas costas devido às fagulhas que saltaram, resultado do fogo de artifício da cáustica palha-de-aço. Andei meses a esconder o “Kispo” da minha mãe."
in " livro da Mancha Negra "20 Anos 20 Viagens"

Depois do Pó Talco vem o cimento

Na mancha a criatividade estimula-se e pretende-se que cada vez mais essa seja uma virtude dos seus membros, serem criativos... Nesse sentido desconhecendo o site da T.I.F.O, que não existia na altura, nem tão pouco a internet estava disponível nos moldes em que hoje a temos, os ultras da Mancha faziam de tudo um pouco para que o sector da Mancha Negra tivesse animação e ficasse colorido para a entrada em campo da Grande Briosa:

O cimento
Na linha da história anterior, lembro-me que foi num jogo com o Vizela, em Coimbra, que estávamos instalados na bancada descoberta do lado que fazia fronteira com o peão. Como já tínhamos testado este novo elemento (cimento) para utilizar na entrada da equipa em campo, foi com grande convicção que entrámos no estádio para apresentarmos, não só aos jogadores como ao público em geral, o nosso espectáculo. Levámos um saco de cimento, salvo erro de 20 Kg, e uma base redonda de PVC para colocar o pó de cimento. Quem atirava o cimento ao ar, fazendo uma enorme nuvem escura, era o Luís, mais conhecido entre nós por Buda. Só que durante o jogo – refira-se que fantástico, apesar de o termos perdido –, “S. Pedro” fez-nos uma partida e descarregou uma valente bátega de água, coisa que para nós na claque era perfeitamente normal. Só que a surpresa estava para vir. Quando chegámos a casa, além de o nosso estado de espírito não ser o mais famoso, devido ao resultado, deparámo-nos com uma situação perfeitamente caricata. O cimento, associado à àgua, transformou-se…Imaginem as nossas cabeças, os nossos cabelos… eu estive quase uma hora a tentar retirar do meu couro cabeludo todos os grânulos de cimento que aí pululavam. Creio termos andado durante muitos dias com cimento a sair-nos da cabeça. Fabuloso, visto agora a vinte anos de distância."
in livro da Mancha Negra"20 anos 20 Viagens"

Fotos Com história


Estava novamente à procura de uma foto para ilustrar esta Rúbrica e encontrei esta foto, que para muitos de vós nada vos diz, mas que para muitos dos fundadores da Mancha e membros da Velha Guarda certamente lhes dá muitas recordações.
Esta foto representa a forma como artesanalmente se fazia fumo negro na Mancha sempre seguido depois pelo fumo branco, dos extintores a apagar o fogo. As primeiras grandes fumaradas na Mancha eram feitas de forma artesanal, onde desde espuma das almofadas, usando petróleo, polvora, Palha-de-aço e farinha tudo foi usado para que se pudesse fazer bons espectáculos:

"O pó-de-talco
Não consigo precisar o jogo, mas recordo-me como se fosse hoje. Aconteceu naqueles minutos antes da entrada da equipa em campo, em que tudo era preparado ao pormenor: bandeiras, papelinhos de jornal a serem distribuídos, a coreografia das palmas num ensaio ininterrupto e a adrenalina a subir. Eis que entra a nossa equipa, saúda a central coberta e dirige-se para nós com os braços no ar. Bandeiras desfraldadas, “confetis “ de jornal ao vento, muitas palmas e o grito quase onomatopeico A-CA-DÉ-MI-CA! ecoam. Estava nas primeiras bancadas, virei-me para trás e qual não foi o meu espanto quando vi o Rui Mário com uma embalagem de pó-de-talco Ausónia, perfumado, a fazer pequenas nuvens de pó à volta da sua cabeça. O efeito pretendido, obviamente, não foi o mais eficaz, mas uma vez mais nos diferenciámos quer pela tentativa de inovação quer pela apresentação de coreografias que primassem pela originalidade. Este episódio ainda hoje me faz rir. Grande Rui!"

Sobre esta temática e até ao jogo do fim de semana iremos apresentar alguns excertos do Livro "20 anos 20 viagens", onde se aborda este tema, FUMARADAS...
Pode ser que desta forma quem ainda não tenha o livro fique curioso de ler o resto e o adquira, ja sabem podem fazê-lo na sede ou através do email livromn@manchanegra85.com

segunda-feira, março 06, 2006

Jantar de Aniversário- Parte II


Com o jantar do 20º aniversário tudo leva a crer que se criou uma nova tradição nas jantas da malta... O ano passado tinha sido em grande com a apresentação da cuequinha de tanga da Mancha Negra.
Este ano o pessoal não queiz deixar os créditos por mãos alheias e novamente um novo show de strip esteve presente. Desta vez o palmadinhas teve de ficar triste porque o contemplado com o show de Palco foi um membro da Velha Guarda, afinal o respeito ainda impera.


Foi o terminar das festividade em alta, uma vez que os os representantes dos jogadores, equipa técnica, direcção e funcionários da Briosa já se tinham retirado, a sala estava reservada somente para a malta.. foi a desbunda total...


As amizades não se apregouam aos sete ventos na net e por aí fora, elas vivem-se e dignificam-se e mais uma vez os Desnorteados e Grupo Manks voltaram a marcar presença. Por muito que custe e dê azia a muita gente são amizades bem consulidadas que brevemente no jantar de aniversário de ambos os grupos a mancha estará em peso certamente...

domingo, março 05, 2006

Mais uma para a Colecção...O Tira Teimas..



No inicio do jogo, um grupo de elementos da Mancha Negra dirigiu-se para tentar "conversar" com os supostas ultras locais.. que normalmente se juntam num café perto do local de entrada dos mesmos, contudo foi bonito constatar que os grandes ultras NET!! que matavam 3 ou 4 e esfolavam outros tantos, não quiseram conversar muito e foi engraçado verificar que os pseudo ultras mauzões nao fizeram nada apenas engoliram muita saliva em seco, pois atitudes nada! o pessoal entrou fez o que quis e saiu e onde estavam eles? hum!! deviam estar a acumular quantidades enormes de pedras? para atirarem não sei a quem ou então é de Ultra, ter o cuidado de tentar sair do estadio 10minutos antes de o jogo acabar, deixando a equipa ao abandono... mas deve ser da tenra idade do grupo ou entao dos muitos Skinheads de Esquerda que o grupo contém que não lhes deve permitir evoluir, contudo nesta pequena incursão pelo dito café uma faixa que habitualmente se encontra no sector da FL foi roubada, basta ir ao site do grupo de Leiria e ver nos jogos do benfica setubal... entre outros onde a faixa, que apartir de hoje (supostamente não é da FL!!! mas sim de um grupo de bebados que faz parte da FL, segundo os próprios) foi roubada! e sem que ninguem dos ultras que a tinham tentasse fazer o que quer que seja, para que nao restem duvidas estao aqui 2 imagens 1 da faixa roubada, outra da mesma num dos muitos jogos em que esta se encontra no sector da FL... deixem lá haverá outra oportunidades, não stressem por favor porque para chegarem onde nós ja chegamos ainda vos faltam uns anitos....

AAC vs Leiria


Mais um derbie, da região centro, um estádio que têm uma assistencia media de 400 pessoas teve mais um contributo para que esta subisse, pois estiveram neste jogo cerca de 2500 espectadores sendo a sua esmagadora maioria adeptos da Académica de Coimbra, que se fizeram deslocar em autocarros e muitos carros particulares, a Mancha Negra não fazendo uma deslocação massiva conseguiu juntar 200 elementos, sendo que uma grande percentagem destes optou por se fazer deslocar em carros particulares, o jogo foi agradavél sendo que a AAC dominou sempre os acontecimentos, apesar de um fiscal de linha que pelos vistos deve ter recebido algum dinheiro extra... o ambiente no estádio foi bastante positivo, sendo que a Mancha Negra dominou claramente os acontecimentos em termos vocais, ajudados pelo desenrolar do jogo, de salientar que os "amigos"da Frente Leiria fizeram uma coreografia interessante com bandeiras individuais com as cores do clube, mas que inexplicavelmente não teriam mais de 60 pesoas no sector ou seja menos do que fizeram deslocar a Coimbra, pelo lado da Mancha os habituais estandartes e bandeiras coloriram o topo sul, acompanhados de centenas de cachecois de todos os adeptos que disseram presente em Leiria. Enfim mais um jogo em que trouxemos a vitoria da terra do liz...

sábado, março 04, 2006

Jantar Comemorativo dos 21 Anos da MN85


Foi, como tem sido usual, um jantar, que contou com uma forte presença de toda a familia, que faz este grande grupo de amigos e companheiros, de lutas e vivências, foi igualmente com agrado que as 2 amizades oficiais da Mancha Negra, se fizeram representar neste Jantar, falamos dos Desnorteados e do Grupo Manks, aos quais a MN agredece a presença, fortalecendo ainda mais a amizade entre os grupos, estiveram também presentes vários jogadores e elementos da direcção do clube incluindo o presidente da AAC o qual teve que usar o unico meio "disponivel" tal como todos os ultras para efecutar o seu discurso durante o jantar, falamos obviamente do mitico megafone.
Como sempre, houveram momentos de grande alegria, de furor, de cânticos de discursos, de reviver historias, de antever outras, foi de facto mais um grande jantar de aniversário coroado de momentos altos, onde foram entregues, mais uma vez os prémios Mancha Negra nas suas diversas categorias, aos jogadores Nuno Piloto, e Sarmento bem como aos elementos do grupo João Francisco e Roger, os quais tiveram oportunidade de exprimir que o importante não é o prémio mas sim o grupo e que o prémio é de todos pois e dado por todos.
Foi apresentado pela direcção da MN o simbolo escolhido para comemorar a data, um simbolo semelhante ao do proprio clube, com a silhueta da cidade e os disticos do grupo, que penso ter sido do agrado dos presentes.. que mais escrever sobre um jantar que já deixa saudades a todos quantos estiveram presentes, salutar é sempre o facto de verificar que muitos dos elementos fundadores do grupo, continuam a dizer presentes e a participar na vida do grupo activamente a eles o nosso obrigado por terem criado a Mancha Negra em 1985.

sexta-feira, março 03, 2006

Jantares de Aniversário- Recordações

O primeiro de Muitos...

Escrever sobre o jantar do 1º aniversário não é facil. E não é facil porque as histórias são tantas e, acima de tudo, engraçadas que um pequeno texto não conseguiria reflectir todas as emoções vividas.
Mesmo assim importa referir que a 3 de Março de 1986 lá estavamos todos reunidos no "enorme restaurante" da não menos fantástica "Pensão Flor". Essa mesmo, ao lado das "meninas" da Rua da Sota. Ocupavamos 2 salas do restaurante. Deviamos ser cerca de 80 pessoas. Quem foram os ilustres convidados desse jantar? Nem mais nem menos do que o presidente da AAC/OAF: Engº Jorge Anjinho e a sua esposa. O nosso treinador da altura Vitor Manuel também fez questão de estar presente.

Escusado será dizer que o jantar correu de uma forma espectacular. Muito alcool, muita comida, muita animação. Duas histórias ficaram marcadas na minha memória: A 1ª foi o fantástico discurso do Engº Anjinho que afirmava a determinada altura que a direcção da AAC/OAF decidira oferecer a quantia de VINTE MIL CONTOS à claque! Loucura completa na sala com tal valor! Eu olhava para o Mesquita completamente parvo e o Tó olhava para mim e encolhia os ombros!!!! Naturalmente que percebido o engano o Engº Anjinho apressou-se a corrigir e a dizer que eram apenas VINTE MIL ESCUDOS !!!! Confusão completa com o pessoal a dizer que já não se podia voltar atrás e que era uma injustiça, enfim um pandemónio!

A 2ª foi com a esposa do Engº Anjinho. Eu e o Canelas tinhamos, cada um, uma garrafa de espumante para abrir no final do jantar (grandes luxos para 1986!). A Canelas já estava muito bem bebido (quem não estava) e com toda aquela excitação ajita a garraja e tira a rolha! Resultado uma explosão de espumante para todo o lado, mas principalmente para cima da camisa da esposa do engº. O caos ! A srª toda encharcada de espumante, o engº Anjinho completamente atónito a olhar para mim com a outra garrafa, eu e o Mesquita com uma vontade de rir inacreditavel e o Canelas aos pulos com a garrafa na mão como se não existisse mais nada: só ele e a Mancha Negra ! Enfim um espectaculo só sentido e vivido por quem lá esteve

Outras histórias há deste e de outros jantares. A elas voltarei quando me for possivel. Até lá um abraço


Rui Mário

21º Aniversário- jantar comemorativo


Hoje realiza-se no Restaurante Arte e Gala, junto ao observatório de Coimbra em Santa clara mais um jantar comemorativo do 21º Aniversário. A todos os Retardatários que ainda não se inScreveram façam favor de contactar a Direcção e marcar presença. `
Preço de inscrição para a janta são 14 euros, e espera-se muita animação, lembram-se do jantar do 20º aniversário...


PARABENS MANCHA NEGRA

MN sempre vigilante



Mais uma vez a Mancha Negra voltou a mostrar que é uma claque diferente das demais. Está sempre ao lado da AAC, preocupa-se com a generalidade dos problemas do mundo Ultra e das questões relacionadas com os adeptos, e marca também o seu plano de actuação em relação à Cidade e à região...
Desta vez foi mais um contestação com o facto de Coimbra constantemente ser esquecida pelo Governo Central, e do facto do Metro do Mondego, Hospital Pediátrico e os Cortes no programa Polis, terem merecido cortes drástico no Orçamento de Estado. Tudo isto, e revendo os investimentos terceiromundistas feitos em coimbra e no Distrito de Coimbra levaram que a malta deixasse o nosso sinal de Alerta. A única ressalva que tenho a dizer em relação a tudo isto, é que gostava de ver o mesmo empenhamento por parte dos autores destas frases em tudo o que diz respeito à Claque e Briosa, pois nesses capitulos por norma andam sempre muito escondidos.
Mais uma vez se provou que quem tem ideias, boas e dignas para a Claque/Briosa é dada Luz verde para a implementarem...

Ideias precisam-se sejam criativos...

quinta-feira, março 02, 2006

TODOS A LEIRIA


É nestes momentos dificeis que nos temos todos de juntar e apoiar a nossa Briosa. Vamos todos a Leiria... A Mancha Negra está a organizar viagem a preços da chuva, viagem + bilhete a 10 euros.
Quem pretender ir de carro pode adquirir os bilhetes no Pavvilhão Eng jorge Anjinho ou nas Lojas Briosa-TBZ (Estádio ou dolce Vita)
Para mais informações podem contactar a MN Tours através dos telefones 919485361 Miguel (vhs) ou 936497246 Carlos (Viagra).
A viagem está programada para Domingo dia 5 pelas 13:00 horas, partida da Sede da Mancha.